As masmorras do Dr. Nélio


O advogado Nélio Machado causou espanto no dia 4/mar, quando, da vetusta e solene tribuna da Suprema Corte, disse que seu cliente, o governador José Roberto Arruda, estava “preso numa masmorra” e “sem poder ir ao banheiro” (sic). Deu-se durante a sustentação das razões do impetrante no HC 102732/DF.

Nélio Machado foi desmentido a galope. O Ministério Público Federal divulgou fotos da “masmorra brasiliense”, bem diferentes desta da imagem ao lado.  Com isso, todos puderam ver o “exagero retórico” do advogado Machado. Acostumado a defender pessoas acusadas de crimes de “colarinho branco”, o afamado defensor provocou perplexidade, porque apropriou-se indevidamente da palavra “masmorra”. Na verdade, se vierem a cometer crimes, os eleitores do governador Arruda é que correm o risco de enfrentar masmorras, prisões fétidas, insalubres, superlotadas e repletas de “trapos humanos”. É, assim, em geral, que são tratados os presos no Brasil.

Cela de Arruda na Polícia Federal (Fonte: PGR)

Logo depois que a subprocuradora-Geral da República Debora Duprat refutou as alegações da defesa, as fotos da cela do governador José Roberto Arruda apareceram na imprensa e na Internet.  Aí então, o defensor mudou o foco. Passou a dizer que o problema era a falta de privacidade para diálogos entre ele e seu cliente. Nessa parte tudo bem. A Polícia não pode mesmo ficar “curiando” a conversa de presos com seus advogados.

Enquanto a defesa de Arruda reclamava das condições de encarceramento no prédio da Polícia Federal em Brasília, o ex-cirurgião plástico Hosmany Ramos voava para o Brasil, depois de ser extraditado da Islândia. Acusado de tráfico, roubo e homicídio e foragido desde janeiro de 2009, o infausto ex-pupilo de Ivo Piranguy ficou preso em Reikijavik por quase sete meses, até ser autorizada sua extradição. Desembarcou no aeroporto internacional de Guarulhos no sábado (06/mar), escoltado por agentes da Polícia Federal. Agora voltará a cumprir sua pena no Brasil. Quando foi localizado naquela ilha, Hosmany, com uma certa soberba, elogiou bastante as condições da prisão islandesa. Em entrevista a um jornal da Islândia, Hosmany Ramos chegou a dizer que estava “na melhor prisão do planeta“.

“O ex-cirurgião conta que foi transferido da prisão que chegou a chamar de ‘hotel quatro estrelas’, em que tinha computador, telefone e TV à disposição. Encarcerado em uma prisão de nome Litla-Hrauni, porém, diz agora que está em um ‘hotel de luxo’, onde faz curso de computação e estuda islandês. ‘Pedi logo no início e aguardei dois meses para vir para a melhor prisão do planeta. É um hotel de luxo, com suíte e sala de estar. 70% dos guardas são mulheres. Tem apenas 80 presos, comida de restaurante, e salário semanal de 10 mil coroas [R$ 145] para você comprar cigarros ou chocolates. Além de academia de luxo, pátio enorme de recreação e escola.’ De acordo com Hosmany, o valor pago por tanta mordomia não sairá do seu bolso. ‘O melhor é que o Brasil vai pagar por isso, um vez que exigiu que eu ficasse em ‘remand custody’ [custódia preventiva]. Eu nem queria. No início planejava alugar um estúdio, trabalhar e aguardar. Estou custando aqui 24 mil coroas diárias [R$ 347], só de prisão.’

Não sei se a cadeia de Reikijavik é realmente a melhor do planeta. Mas a penitenciária de Leoben, na Áustria, é uma séria concorrente na linha do “punir sem humilhar”.

Cela na penitenciária de Leoben, Áustria (Fonte: Wikipedia)

A cela de Arruda na Polícia Federal não é um hotel de luxo nem é um calabouço. Em geral, as prisões brasileiras são muito piores do que masmorras do Dr. NélioTais depósitos de seres humanos é que têm de acabar. Junto das cadeias de verdade, a cela do governador Arruda parece um conto de fadas, como aquele da Rapunzel.

 

About these ads


CategoriasDireitos Humanos, Execução Penal

Tags:, , , , , , ,

6 replies

  1. Eu gostaria de chamar atenção do governo de como é fácil se organizar com relação as prisões no Brasil,seria uma privatização passiva dos presidios já existentes,e a franquia dos que iram vir,se o governo hoje abrisse concessão à empresários ,que montassem seus presidios, não mais faltaria vagas à esses vermes da sociedade,sobrariam vagas e assim o judiciário poderia trabalhar com mais facilidade,temou,temos um lugar para ti,amigo meu ,seria uma forma de resguardar nossa sociedade,que hoje pede socorro pelas guerras urbanas que hoje presenciamos,e ao abuso desses vermes.

  2. Professor SUPER parabéns pelo post! ÓTIMO demais. Eu ja tinha recebido um e mail dessa prisão na Áustria mas pensei que era montagem! hahahaha
    É inacreditável! Agora nao sei o que é pior: se é dar mordomia para estes criminosos ou sacrifica-los em prisões hiperlotadas sem nenhuma estrutura como aqui no Brasil. Enfim…
    PARA REFLETIR NÉ: (rsrsrs)

    Na verdade, se vierem a cometer crimes, os eleitores do governador Arruda é que correm o risco de enfrentar masmorras, prisões fétidas, insalubres, superlotadas e repletas de “trapos humanos”.

  3. Professor, parabéns por mais um ótimo post! Provavelmente, o advogado NélioMachado nunca visitou as masmorras, ops, as prisões brasileiras. Afinal de contas, a possibilidade de criminosos de colarinho branco (os clientes do Dr. Nélio) “visitarem” as prisões, até pouco tempo atrás, era remota. Ah, adorei o “curiando”. hahahaha Adoro aprender baianês!

  4. Dr. Vladimir,
    Acompanho o senhor no Twitter e gostaria de receber seus comentários e artigos.

    Abs,
    Ana Paula de Moraes

    • Obrigado, Ana Paula. Você pode assinar o RSS do blog ou visitá-lo periodicamente. Sempre há alguma novidade. Abs.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 11.409 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: